Social Icons

Google+ Followers

Beba Bastante

BEBA BASTANTE!
Um rapazinho, duma irmandade de sete, sofreu um acidente e foi
levado nora um hospital. Ele vinha de um lar humilde onde a fome era
errível. Ali o copo de leite nunca estava bem cheio, ou, se estivesse, era
repartido entre dois ou três irmãos. Depois de a criança haver sido
acomodada confortavelmente no leito do hospital, uma enfermeira
trouxe-lhe um grande copo de leite.

Ele olhou bem para o copo e, com a lembrança das muitas vezes em
que tivera que repartir outros copos com os irmãos, perguntou: "Até
onde devo beber?" Com olhar radiante e um nó na garganta, a enfermeira
lhe respondeu: "Beba tudo."
Ó alma faminta e sedenta; quanto beberá do amor e da bondade de
Deus? Não há restrição. Beba tudo; beba outra vez, e outra mais!
Inexaurível é o suprimento.

0 comments:

Postar um comentário