Social Icons

Google+ Followers

O Pode Do Amor Vivo

O PODER DO AMOR
Conta-se a história de uma águia gigantesca, nas montanhas da
Escócia. Certo dia baixou ela a um quintal onde se achava uma
criancinha num berço. Tomou o pequenino infante e subiu, subiu, subiu,
até que afinal depositou o pobrezinho à borda de um rochedo. A mãe
estava como louca. Toda a vila ficou horrorizada. E dirigiram-se para o
pé do rochedo, discutindo ali a maneira de poder alcançar a criança.
Um musculoso marinheiro declarou: "Hei de apanhá-la." E pôs-se
a subir pelo rochedo. Mal começou, porém, teve de voltar atrás. Então
um rústico montanhês, acostumado a escalar montanhas, disse: "Eu a
trarei." E subiu, subiu, mas eis que não pôde avançar mais, e voltou.
Aproximou-se então uma camponesa que, vencendo toda
resistência de todos, empreendeu a grande ascensão, subiu, subiu, mais,
mais, até que chegou afinal ao pé da criança, descendo então pouco a
pouco, chegando a salvo. Por que será que o marinheiro e o montanhês não haviam sido
capazes de alcançar a criança, ao passo que uma simples camponesa
pôde fazê-lo? Ah! é que aquela mulher era a mãe da criança!

0 comments:

Postar um comentário