Social Icons

Google+ Followers

Rosa Laio e Seu Leão

ROSA LAIO E SEU LEÃO
Poucos há que não tenham visto alguns dos lindos quadros da
pintora Rosa Laio, cuja especialidade era pintar animais.
Rosa possuía um leão domesticado, ao qual deu o nome de Nero, e
que lhe era muito manso e dócil. Um dia Rosa teve de ausentar-se de
Paris, onde morava, e assim mandou Nero para o Jardim Zoológico,
certa de que lá iria ser bem tratado. Depois de viajar dois anos, voltou e
foi ver seu querido leão. Para sua tristeza, encontrou-o muito doente e
cego. Ali estava deitado sozinho a um canto, quando sua dona lhe disse:
"Nero!" O pobre animar saltou imediatamente e, com grande rugido de
contentamento, correu com tanta força em direção de Rosa que, batendo
contra as grades da jaula, caiu atordoado. Rosa tomou seu fiel amigo e o
levou para casa, cuidando dele até à morte.
Quando o grande leão estava a morrer, nos braços de sua dona, com
a língua, áspera como um ralo, lambia debilmente as mãos bondosas de
Rosa, segurando-as firmemente com as garras, em sua agonia mortal.
Com essa derradeira carícia, parecia dizer: "Não me abandone!" Assim o
amor amansa até as criaturas mais ferozes.

0 comments:

Postar um comentário